Qual a diferença entre domínio e hospedagem?

Categoria(s) do post: Planejando seu blog

Continuando a série de posts sobre planejamento vamos agora esmiuçar algumas coisas já mencionadas nos posts Quero ter um blog, por onde eu começo? e Quero ter um blog – Parte II. Você sabe o que são domínio e hospedagem? Entende a diferença entre eles? Então vem comigo.

1. Domínio

Busquei descrições mais técnicas sobre domínio, mas achei que elas podem confundir ainda mais. E o objetivo aqui é esclarecer, portanto vou me valer de palavras simples: domínio é o endereço do seu site na web, é o “seu www”. Simples assim. Exemplos: o domínio do xCake é http://www.xcake.com.br/, o do MetaBlog é www.xcake.com.br/blog. Quando alguém pergunta qual é seu site, você passa seu endereço – é o seu domínio.

Escolher seu domínio passa pela escolha do nome do seu site e/ou blog: primeiro é preciso definir o conteúdo que o site terá e a imagem que você deseja passar. Escolhido o nome, o domínio virá: se o nome todo for apenas uma ou duas palavras, o domínio pode ser igual ao nome; mas se for mais longo, escolha as palavras-chave para colocar no domínio. Relembre as dicas que já dei sobre escolha do nome e domínio, elas irão ajuda-lo bastante.

Nome e domínio testados e escolhidos, é hora de efetivamente comprar o domínio. Como expliquei no outro post, o domínio pode ser comprado com o próprio serviço de hospedagem, mas se você preferir também pode comprar por conta própria. No Brasil é possível comprar através do Registro.br, mas se seu inglês der conta do recado domínios .com podem ser comprados mais barato no Go Daddy.

Sugestão: se possível, compre também as variações do domínio. Exemplo: você vai usar o www.seunome.com.br, compre também o www.seunome.com, isso evita que mal intencionados lhe causem dor de cabeça e até prejuízo. Já pensou a variação do seu domínio sendo usada pra algo ilegal ou imoral e aí as pessoas digitam seu endereço errado e caem na página errada? Se estiver dentro das suas possibilidades, compre as variações por precaução.

Mais uma dica: quanto maior for o período comprado, menor será o custo anual. No Registro.br, por exemplo, um domínio .com.br por um ano custa R$ 30,00, enquanto por quatro anos custa R$ 111,00 (um ano por R$ 30,00 e os outros três anos por R$ 27,00 cada). O Go Daddy também funciona assim, caso prefira comprar lá.

2. Hospedagem

Você planejou seu blog direitinho, comprou domínio e inclusive já escreveu todos os textos estáticos que seu site terá, agora precisa encontrar um lugar online para guardar todos os arquivos do seu site. Quando você abre uma página na web, seja ela qual for, você vê imagens, cores, textos – isso tudo são arquivos escritos em linguagem de programação que, ao serem publicados, transformam-se no que vemos ao acessar a página. E estes tais arquivos precisam ficar em algum lugar – e um lugar online. Então empresas montam servidores e alugam para nós um espaço dentro dos servidores delas – estas empresas são os hosts, é deles que compramos hospedagem.

Os arquivos do seu site ficarão lá no servidor do host e dependerão disso para que seu site possa ser acessado, ou seja, não saia do ar. Se ontem seu blog abriu normalmente, você não mexeu em nada lá dentro, e hoje ele não abre mais, então é o servidor que está com algum problema. Por isso é tão importante escolher muito bem sua hospedagem: os servidores deles precisam funcionar bem, eles precisam trabalhar bem para que você não tenha problemas. Imagine alguém planejar um site com todo carinho e cuidado, comprar domínio, encomendar um tema personalizado, mas o site estar sempre fora do ar. Horrível, né? E aí a pessoa manda um e-mail para o pessoal do servidor perguntando qual o problema e esperando solução, mas não recebe resposta e muito menos solução. É inaceitável, precisamos de segurança, confiança e merecemos respeito.

Há inúmeros serviços de hospedagem web afora e  você é livre para contratar aquele que preferir, mas é claro que é sempre melhor ir onde já sabemos que é bom, ou seja, foi indicado por alguém da sua confiança. Nós, do xCake, recomendamos o host que hospeda nosso site, o MetaBlog e também os outros sites das pessoas da nossa equipe: é a Brasilserv, que além de atendimento impecável e rápido também tem preços bem acessíveis. Nós somos bem felizes com eles. =D

Se você é desenvolvedor e mesmo assim leu este post até aqui, talvez esteja querendo me apedrejar. rs… Eu realmente procuro explicar da maneira mais simples possível, sim, porque o objetivo aqui é ajudar e não complicar. Cada um tem suas especialidades e talvez aquele cinéfilo de mão cheia e ótimo escritor só não tenha feito um blog ainda porque se sente acuado diante de tantas expressões e palavras em inglês, siglas complicadas e termos técnicos. Então procuro explicar com simplicidade, para que as informações possam ser compreendidas não apenas por programadores, webdesigners, webwriters e webplanners (viram como a gente complica até nos nomes das nossas profissões?).

Portanto, se você tem dúvidas e está envergonhado para falar/escrever porque acha que são dúvidas simples demais, não se preocupe: pergunte, este blog existe justamente para ajudar você a blogar. =)

PS: a imagem deste post foi encontrada no Flickr e, na descrição, há um pedido para que também seja feito link para a Neospire. Como a gente leva super a sério os Direitos Autorais e as Licenças de Uso, aqui está o crédito do jeitinho que eles pediram. ;)

7 comentários

  1. Maria das graças comentou:

    Adorei as suas explicações, o que complica mesmo é o inglês. Tenho um salão de beleza e uma loja de moda feminina, sei que a onda agora é internet o dinheiro sumiu da praça. Mas não tenho nenhum conhecimento com blog ou site, estou completamente perdida já descobrir que sozinha não vou conseguir. Quem você acha que devo contratar?

    1. Olá, Maria das Graças.

      A criação de um blog tem três etapas: planejamento (editorial, taxonomia, etc), criação do layout (webdesign), programação e instalação do layout (programação). Existem profissionais especializados em cada etapa do processo. Por exemplo: eu faço planejamento (como autônoma), o xCake faz webdesign e temos programadores de nossa confiança para indicar aos nossos clientes. Se desejar, será um prazer trabalhar com você. :)

  2. Leticia Angeli comentou:

    Ola eu amei o post mas goataria muito de exclarecer algumas duvidas. Assim eu ouvi dizer que eu posso usar o tumblr como blog, basta colocar o dominio em configurações, nesse caso eu teria que pagar a hospedagem? Me ajudem por favor

    1. Leticia, até onde sei é possível, sim, usar o tumblr como blog. Porém desconheço a plataforma, aqui no Metablog trabalhamos apenas com WordPress.

  3. Francinne comentou:

    Queria saber mais sobre e-commerce. Os assuntos aqui são centralizados apenas para quem quer fazer blogs?

    1. Francinne, sim, nosso conteúdo é voltado para ajudar blogueiros a blogarem melhor. E-commerce é como um mundo à parte, é todo um universo tão vasto e cheio de detalhes assim como blogar. Porém, quem vende produtos ou serviços online e tem um blog para sua marca, pode perfeitamente se beneficiar de tudo que falamos aqui, já que o blog é a imagem da marca que a pessoa representa. :)

Fechado para novos comentários.